'21', de Adele, supera 'Bad', de Michael Jackson, em vendas no Reino Unido

|

Adele acumula prêmios e recordes por '21' (Foto: AP)
Com mais de 4 milhões de cópias, '21' passou disco do Rei do Pop.
Álbum já é o oitavo mais vendido da história no país; 'Thriller' é o quinto.

O álbum "21" da cantora britânica Adele, com mais de 4 milhões de cópias, superou em vendas no Reino Unido o famoso "Bad" (1987) de Michael Jackson, informou nesta terça-feira (28) a Official Charts Company, empresa que elabora as listas.

Com sucessos como "Rolling in the deep" e "Someone like you", o bem-sucedido "21" se posicionou entre os dez discos mais vendidos da história do Reino Unido ao ficar em oitavo lugar, justamente após "Dark side of the moon", de Pink Floyd, e "Brothers in arms", de Dire Straits.

O segundo disco de Adele, de 23 anos, vendeu 4,02 milhões de cópias, 61 mil a mais do que "Bad", do Rei do Pop, com hits como "The way you make me feel" e "Man in the mirror".

No entanto, outro disco de Michael Jackson, "Thriller", continua em quinto lugar dos mais vendidos no Reino Unido, com 4,24 milhões de cópias.

Desde o lançamento em janeiro de 2011, "21" vendeu mais de 15 milhões de cópias no mundo inteiro e rendeu neste ano à intérprete londrina seis prêmios Grammy e dois Brit Awards, da música britânica.


Fonte:g1.com
http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2012/02/adele-supera-michael-jackson-em-vendas-de-discos-no-runido.html

Filha de Michael Jackson diz que álbum não tem voz do cantor

|

Os três filhos de Michael Jackson, Prince Michael,Paris e Prince Michael 2º, assistiram à estreia do show (Foto: Reuters)
Disco póstumo 'Michael' saiu em dezembro de 2010.
Segundo o TMZ, Paris Jackson afirma que seu pai não canta no trabalho.

Paris Jackson, filha do cantor Michael Jackson, afirma que as vozes do álbum póstumo "Michael" não são do seu pai. De acordo com informações do TMZ, Paris teria dito, durante uma conversa em vídeo pela internet com amigos, que seu Michael Jackson não cantou nas músicas que entraram no trabalho.

No vídeo, Paris coloca a faixa "Hold my hand" para tocar e um de seus amigos questiona porque a voz não se assemelha à de Michael Jackson. Ela responde: "não é ele! No disco todo, não é ele! Procure na internet, no YouTube, por Jason Malachi. Eu saberia se fosse ele ou não, porque ele cantava para mim o tempo todo".

Na época do lançamento de "Michael", surgiram rumores de que as vozes do disco teriam sido gravadas por um cantor chamado Jason Malachi, que tem a voz parecida com a de Jackson, o que foi desmentido pela gravadora Sony e pelo próprio Malachi.

Michael Jackson morreu em junho de 2009. O disco "Michael" foi lançado em dezembro de 2010 e supostamente traz material inédito gravado pelo cantor.


Fonte: G1.com
http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2012/02/filha-de-michael-jackson-diz-que-album-nao-tem-voz-do-cantor.html

Com nova formação, Cavalo de Aço prepara nova estrutura para shows

|

Nesse ano de 2012 as novidades para a banda potiguar Forró Cavalo de Aço parecem estar apenas começando. Com a chegada do novo vocalista Jubão, ex-Forró Tá na Cara em seus quadros, a atração do Grupo Erosom já está colocando em prática novos projetos que serão conhecidos pelo público logo logo. Iniciando pelo novo CD Promocional da banda que sairá com músicas inéditas. Briola, Marcelo Jubão e Luciana Potengy já estão ensaiando o repertório do novo CD que começará a ser gravado em estúdio muito em breve. Pensando em cada vez mais desenvolver um trabalho que agrade á todos, o Grupo Erosom juntamente com com a produção do Cavalo de Aço está ampliando a estrutura da banda com novos equipamentos, renovando a estrutura de som, luz e palcos. Além disso, os vocalistas já estão entrando em estúdio fotográfico para fazerem novas fotos que serão usadas nos próximos materiais de divulgação. Lembrando que toda a plotagem do ônibus também será renovada. Nosso blog parabeniza e deseja mais sucesso ainda á toda a produção do Grupo liderado por Erociano Promoções, que sempre visa mostrar um trabalho de qualidade e responsabilidade com todas as bandas de seus casting.


Fonte: Mais Forró

Forró do Muido lança primeira música na voz de Márcia Felipe

|

O Forró do Muido lançou na tarde desta terça-feira (28) sua nova música de trabalho. 'Agora quem não quer sou Eu', é a primeira á ser divulgada na voz de Márcia Felipe que saiu da Garota Safada recentemente. A música tem a pegada diferenciada do Forró Pé-de-Serra modernizado com a brilhante interpretação de Márcia e a letra fácil de pegar. O lançamento oficial da música aconteceu no Programa Forró do Bezerrão, na A3 FM de Fortaleza/CE, com a presença de 'Marcinha' e Binha Cardoso. Esse novo sucesso é apenas o começo de uma nova história no Muido, em breve a banda estará em estúdio para produzir o seu novo CD. Baixe a música 'Agora que não quer sou Eu' visitando a nossa página de downloads clicando AQUI.

Fonte Mais Forró

Assessoria de Solange Almeida nega sua ida para a Garota Safada

|

Essa semana surgiram muitos boatos de que Solange Almeida estaria negociando sua ida para a banda Garota Safada. Pois bem, tudo não passa de especulações, a diva segue firme e forte no Aviões do forró. A diretoria da cantora emitiu nesta segunda (27) uma nota de esclarecimento sobre o assunto e tranquilizando os fãs e admiradores da vocalista. Confira abaixo a nota na íntegra:
"Viemos por meio desta nota para esclarecer uma "inverdade" que estão divulgando em um site, desmentindo aqui qualquer rumor de que a Solange Almeida venha a sair da banda Aviões do Forró. Até porque Solange Almeida é uma das sócias da banda Aviões e ela não iria deixar de cantar na sua banda para cantar em outra, isso é rumores de quem não tem o que fazer, e outra, Solange Almeida está curtindo férias com o seu noivo e seus filhos. Agradecemos aos fã que nos enviaram essas informações e dizemos, não se preocupem pois Solange Almeida continuará abrilhantando os palcos do Aviões do Forró. Dia 9 de março ela estará de volta linda e toda bronzeada."

Fonte: Mais Forró

Público de música eletrônica cresceu 56,64% no Brasil em 1 ano, diz estudo

|

David Guetta se apresenta nesta segunda-feira no
Mucuripe Club (Foto: Divulgação)

Arrecadação na bilheteria de festivais do gênero alcançou R$ 879 milhões.
Patrocinadores investiram R$ 460 milhões, 60% a mais do que em 2010.

O público de música eletrônica cresceu 56,64% no Brasil em 2011, chegando a 19,5 milhões de pessoas, devido ao aumento de festivais e a realização de turnês de artistas internacionais apontou estudo divulgado nesta quarta-feira.

A arrecadação na bilheteria das festas de música eletrônica evoluiu na mesma proporção, alcançando R$ 879 milhões, indicou levantamento feito pelos organizadores do festival Rio Music Conference, que ocorrerá nos dois próximos fins de semana no Rio de Janeiro.

Os gastos dos participantes desses eventos com alimentação e bebida também cresceram 115,4% ao ano, atingindo R$ 1,07 bilhão.

A despesa com o cachê dos DJs aumentou 79,9%, atingindo R$ 97,8 milhões, somando os principais eventos realizados no país. Já o dos artistas dos grandes festivais pode chegar a R$ 150 mil e nas pequenas festas R$ 1,5 mil em média.
DJ Waguinho na festa de 4 anos da FM Fraternidade de Umarizal/RN

Os patrocinadores, principalmente as empresas de bebidas, investiram nesses eventos R$ 460,8 milhões, 60% a mais do que no ano anterior.

A quarta parte do público de música eletrônica se concentrou em São Paulo, que abriga as maiores festas e as principais discotecas do país.

O estudo contabilizou três grandes festivais, 16 eventos de médio porte e 500 festas pequenas, realizadas nas principais discotecas brasileiras.

Ao longo do ano, o Brasil recebeu os festivais Creamfields, Ultra Music Festival e o Rock in Rio, que dedicou um palco a esse gênero em seus seis dias de shows, além de outros eventos como as festas Planeta Terra, SWU e XXXperience.

Entre os DJs internacionais que comandaram as pickups tocaram no país estão David Guetta, Ferry Corstern, Sven Väth, Erick Morillo, Fatboy Slim, Bob Sinclair, Armin van Buuren, The Prodigy e Nalaya.

Neste ano, está prevista a realização da versão brasileira do festival espanhol Sónar, em maio em São Paulo, além do Rio Music Conference, que ocorrerá durante o carnaval do Rio de Janeiro e projeta receber 40 mil pessoas em seus dez dias de festas.

Fonte: G1.COM
http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2012/02/publico-de-musica-eletronica-cresceu-5664-no-brasil-em-1-ano-diz-estudo.html

Adele triunfa no Grammy, marcado por morte de Whitney Houston

|

Adele brinca com o peso dos 6 Grammys que recebeu (Foto: Reuters)
Apresentador abriu evento com uma prece para Whitney Houston.
Cerimônia de premiação musical aconteceu na noite deste domingo (12).

A "princesa do soul" britânica Adele triunfou no domingo (12) no Grammy em uma cerimônia marcada pelo luto provocado pela inesperada morte da cantora pop Whitney Houston.

Adele fez exatamente o que se esperava dela e venceu em todas as categorias a que foi indicada, levando para casa seis prêmios Grammy, incluindo álbum, música e gravação do ano. E ainda fez uma das performances mais aplaudidas da noite, ao voltar aos palcos depois de meses parada por causa de uma cirurgia na garganta, cantando "Rolling in the deep" para uma plateia de figurões da música que a aplaudiram empolgados. Ao subir ao palco para o prêmio final, a cantora britânica que dominou as paradas de 2011 chorou.

Aberta com uma apresentação do músico Bruce Springsteen, a cerimônia do Grammy que aconteceu na noite de domingo não demorou a entrar nas homenagens a Whitney Houston, morta na noite de sábado (11). O cantor LL Cool J, apresentador da cerimônia, abriu seu discurso dizendo que "tivemos uma morte na família", e dando início a uma prece para Whitney Houston. "Nosso Pai Celeste, obrigado por ter nos dado nossa irmã Whitney Houston". A oração foi seguida por um vídeo da própria cantora interpretando seu hit "I will always love you" em outra edição do Grammy.

Já na reta final, logo após o tradicional segmento que lembra as perdas que a indústria do entretenimento sofreu no ano, outra homenagem: iluminada por um único holofote, a cantora Jennifer Hudson é a encarregada da responsabilidade de cantar ao vivo "I will always love you", maior sucesso de Houston e de qualquer cantora da história.

Além do tributo a ela, os destaques da noite ficaram por conta de dois retornos aos palcos - da cantora Adele, que não se apresentava desde outubro de 2011 por conta de uma cirurgia na garganta, e da banda Beach Boys, que há décadas não reunia seus membros remanescentes, incluindo Brian Wilson.

A celebração em torno da volta do Beach Boys começou com o Maroon 5 cantando "Surfer girl". Em seguida, eles chamaram Foster the people, que fizeram uma interpretação do clássico "Wouldn't it be nice". Então entraram em cena, para uma plateia de músicos já de pé, os Beach Boys reunidos para cantar Good Vibrations, arrancando gritinhos da audiência, especialmente nos primeiros vocais de Brian Wilson. Antes do fim da canção, eles foram discretamente acompanhados pelos vocalistas das bandas anteriores. Depois, aplaudidos em pé.

Os saudosistas aproveitaram de um fôlego só - o show seguinte, apresentado por Stevie Wonder, foi Paul McCartney cantando "My valentine". Também foi aplaudido em pé. Mas quem realmente empolgou o público foi Adele, com "Rolling in the deep", não à toa eleita a música do ano.

A cerimônia do Grammy é dividida em duas partes. Os prêmios principais fazem parte do evento que é transmitido ao vivo pela TV americana e pela TV paga no Brasil. Mas outros integram uma cerimônia que acontece horas antes do programa e que é composta principalmente de categorias técnicas, mas não apenas.

Neste domingo (12), por exemplo, nomes pop como Adele, Foo Fighters, Taylor Swift, Tony Bennett e Amy Winehouse foram premiados no evento secundário. Esta divisão acontece por causa do grande número de categorias do prêmio - este ano, são 78 ao todo.

Homenagem a Whitney Houston (Foto: AP)

Veja abaixo a lista dos vencedores das principais categorias do Grammy 2012.


Gravação do ano (intérpretes):
“Rolling in the deep”- Adele
“Holocene”- Bon Iver
“Grenade” - Bruno Mars
“The cave” - Mumford & Sons
“Firework” - Katy Perry.

Álbum do ano
“21” - Adele
“Wasting light” - Foo Fighters
“Born this way” - Lady Gaga
“Doo-Wops & Hooligans”- Bruno Mars
“Loud”- Rihanna.

Música do ano (compositores):
“All of the lights” - Kanye West, Rihanna, Kid Cudi & Fergie
“The cave” - Mumford & Sons
“Grenade” - Bruno Mars
“Holocene” - Bon Iver
“Rolling in the deep” - Adele

Performance solo pop
Adele - "Someone like you"
Lady Gaga - "You and Ï"
Bruno Mars - "Grenade"
Katy Perry - "Firework"
Pink - "F...' Perfect"

Performance duo ou grupo
Tony Bennett & Amy Winehouse - "Body and soul"
The Black Keys - "Dearest"
Coldplay - "Paradise"
Foster the people - "Pumped up the kids"
Maroon 5 & Christina Aguilera - "Moves like Jagger"

Álbum pop
"21" - Adele
"The lady killer" - Cee Lo Green
"Born this way" - Lady Gaga
"Doo-wops & hooligans" - Bruno Mars
"Loud" - Rihanna

Performance rock
Coldplay - "Every teardrop is a waterfall"
Decemberists - "Down by the water"
Foo Fighters - "Walk"
Mumford & sons - "The cave"
Radiohead - "Lotus flower"

Performance hard rock/metal
Dream Theater - "On the backs of angels"
Foo Fighters - "White limo"
Mastodon - "Curl of the burl"
Megadeth - "Public enemy nº 1"
Sum 41 - "Blood in my eyes"

Música de rock
Mumford & sons - "The cave"
Decemberists - "Down by the water"
Coldplay - "Every teardrop is a waterfall"
Radiohead - "Lotus flower"
Foo Fighters - "Walk"

Álbum de rock
Jeff Beck - "Rock n' roll party honoring Les Paul"
Foo Fighters - "Wasting light"
Kings of Leon - "Come around sundown"
Red Hot Chili Peppers - "I'm with you"
Wilco - "The whole love"

Disco de música alternativa
Bon Iver - "Bon Iver"
Death Cab for Cutie - "Codes and keys"
Foster the people - "Torches"
My Morning Jacket - "Circuital"
Radiohead - "The king of limbs"

Melhor performance de rap
"Look At Me Now" - Chris Brown, Lil Wayne & Busta Rhymes
"Otis" - Jay-Z & Kanye West
"The Show Goes On" - Lupe Fiasco
"Moment 4 Life" - Nicki Minaj & Drake
"Black And Yellow" - Wiz Khalifa

Melhor parceria/rap
"All Of The Lights" - Kanye West, Rihanna, Kid Cudi & Fergie
"Party" - Beyoncé & André 3000
"I'm On One" - DJ Khaled, Drake, Rick Ross & Lil Wayne
"I Need A Doctor" - Dr. Dre, Eminem & Skylar Grey
"What's My Name?" - Rihanna & Drake
"Motivation" - Kelly Rowland & Lil Wayne

Melhor álbum de rap
"My Beautiful Dark Twisted Fantasy" - Kanye West
"Watch The Throne" - Jay-Z & Kanye West
"Tha Carter IV" - Lil Wayne
"Lasers" - Lupe Fiasco
"Pink Friday" - Nicki Minaj

Melhor álbum de R&B
"F.A.M.E." - Chris Brown
"Second Chance" - El DeBarge
"Love Letter" - R. Kelly
Pieces Of Me - Ledisi
"Kelly" - Kelly Price

Melhor álbum country
"My Kinda Party" - Jason Aldean
"Chief" - Eric Church
"Own The Night" - Lady Antebellum
"Red River Blue" - Blake Shelton
"Here For A Good Time" - George Strait
"Speak Now" - Taylor Swift

Melhor performance country (solo)
"Mean" - Taylor Swift
"Dirt Road Anthem" - Jason Aldean
"I'm Gonna Love You Through It" - Martina McBride
"Honey Bee" - Blake Shelton
"Mama's Song" - Carrie Underwood

Melhor vídeo musical - curto
"Rolling In The Deep" - Adele
"Yes I Know" - Memory Tapes
"All Is Not Lost" - OK Go
"Lotus Flower" - Radiohead
"First Of The Year (Equinox)" - Skrillex
"Perform This Way" - "Weird Al" Yankovic

Melhor vídeo musical - longo
"Foo Fighters: Back And Forth" - Foo Fighters
"I Am...World Tour" - Beyoncé
"Talihina Sky: The Story Of Kings Of Leon" - Kings Of Leon
"Beats, Rhymes & Life: The Travels Of A Tribe Called Quest" - A Tribe Called Quest
"Nine Types Of Light" - TV On The Radio

Artista revelação
The Band Perry
Bon Iver
J. Cole
Nicki Minaj
Skrillex


Fonte: g1.com
http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2012/02/veja-os-vencedores-do-grammy-2012.html

'Marley' conta a vida do homem por trás da lenda do reggae

|

Rohan Marley, filho de Bob, participa da exibição
do filme no Festival de Berlim (Foto: AP)

Documentário foi exibido neste domingo (12) no festival de Berlim.
Filme tenta ir além do ícone e mostrar a vida de Bob Marley.

Com "Marley", o cineasta escocês Kevin Macdonald ofereceu neste domingo (12) à Berlinale um retrato completo em documentário do homem que se tornou lenda mundial do reggae, a partir de arquivos da família, muitos deles inéditos, e de centenas de horas de entrevistas.

Baviera, 1981. O astro, padecendo de um câncer generalizado, é atendido pelo doutor alemão Josef Iseles, adepto de um método de medicina alternativa. Várias fotos em preto e branco o mostram magro, em meio à neve. Kevin Macdonald encontrou a enfermeira que o acompanhava nesta época. A idosa conta, em alemão, como era este homem "sempre amável e sorriente", em seus últimos dias de vida.

À imagem desta sequência, "Marley" tenta ir além do ícone para contar a vida de Robert Nesta Marley, nascido em 6 de fevereiro de 1945, em um pequeno povoado da Jamaica, e falecido no auge da fama, 36 anos depois, em 11 de maio de 1981, em Miami.

Kevin Macdonald trabalhou estreitamente durante um ano com familiares do músico, vários dos quais dão seu testemunho no filme para nos aproximar da biografia do autor de sucessos como "Jamming", "No woman no cry" e "Exodus".

"Muitas coisas já foram feitas sobre Bob, mas o que me parece importante neste filme é que vai dar um aspecto mais emotivo de sua vida como homem e não unicamente como lenda do reggae ou personagem mítico", explicou em uma entrevista o filho mais velho do astro, Ziggy, um dos produtores executivos do filme.

Reconhecido internacionalmente, sobretudo pelo filme "Um dia em Setembro", sobre a tomada de reféns de atletas israelenses nas Olimpíadas de Munique, filme ganhador do Oscar de melhor documentário em 2000, Kevin Macdonald escolheu uma forma clássica, alternando vídeos e fotos de arquivo com entrevistas, em um relato totalmente cronológico.

Seu desejo era ser "o mais convencional possível", como explicou no primeiro encontro com a família Marley, para permanecer colado à realidade.

A força do relato reside no que dizem os diferentes atores da vida de Bob Marley.

Com sua aparência de imperador rasta, Bunny Wailer, um dos últimos membros fundadores ainda vivos dos "Wailers", conta o início, quando o grupo, do qual também fazia parte Peter Tosh, gravava seus primeiros sucessos "por três libras esterlinas a semana". Também fala do final de sua colaboração com Marley, em 1973.

Depoimentos
Rita, a esposa do cantor, que teve 11 filhos com sete mulheres diferentes, revela os contornos de uma história de amor sem igual. Músicos, produtores, amigos, primos, filhos, homens políticos, falam do Bob Marley que conheceram.

Para Macdonald, um dos aspectos mais importantes da lenda Bob Marley reside em sua origem mestiça. Nem negro, nem branco, "sempre se sentiu à parte", conta sua mulher.

A origem do título da canção "Cornerstone" é contado em um momento bastante emotivo. "A pedra que o construtor recusou será sempre a pedra angular", diz a canção, retomando um salmo da Bíblia.

Este estatuto de marginal permanente explica, sem dúvida, para Macdonald, uma parte da aura do cantor, venerado da Jamaica à África, da Europa à América.

"Para mim, Bob é realmente uma das grandes personalidades culturais do século XX. Não vejo que outro artista de música popular tenha tido um impacto tão duradouro quanto ele", concluiu McDonald, neste domingo, em declarações à imprensa.


Fonte:g1.com
http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2012/02/marley-de-kevin-macdonald-conta-a-vida-do-homem-por-tras-da-lenda-do-reggae.html

Demi Lovato anuncia shows em três cidades brasileiras em abril

|

A cantora Demi Lovato (Foto: AP)
Cantora se apresenta no Rio de Janeiro, em São Paulo e em Belo Horizonte.
Ela cancelou turnê no país em 2010 para se tratar em clínica de reabilitação

Demi Lovato fará shows em três cidades brasileiras em abril. A atriz e cantora americana se apresenta no Rio de Janeiro (dia 19, no Citibank Hall), São Paulo (20, Credicard Hall) e Belo Horizonte (22, Chevrolet Hall). As informações são da produtora Time For Fun.

O público em geral pode comprar ingressos a partir de 20 de fevereiro. Em Belo Horizonte, as vendas gerais começam uma semana antes.

Mais detalhes sobre as três apresentações estão nos sites www.demilovato.com e www.ticketsforfun.com.br.

Demi, que já veio ao Brasil duas vezes para shows, lançou o disco "Unbroken" em 2011. Em novembro de 2010, ela se internou em uma clínica de reabilitação para um tratamento de três meses para superar problemas emocionais e físicos. Ela cancelou shows com o Jonas Brothers no Brasil. Ela já falou abertamente sobre bulimia e automutilação.

Fonte: g1.com
http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2012/02/demi-lovato-anuncia-shows-em-tres-cidades-brasileiras-em-abril.html

Hoje tem Garota Safada no Caldeirão do Huck

|

Todos os fãs da Garota Safada na expectativa para ver como ficou a participação da banda no Caldeirão do Huck de Verão, gravado em Fortaleza, terra natal de Wesley Safadão. No programa, que vai ser exibido neste sábado, a banda de forró toca ao vivo acompanhada de um balé que foi batizado por Huck de “exterminadoras de marmanjos”. Safadão cantou três músicas: Vai esperar, Ai se eu te pego e Fui clonado. Ainda teve uma dobradinha com Bruno e Marrone, que cantou junto o sucesso Tentativas em vão. Em tempo, Wesley e a Garota Safada gravam DVD no Chevrolet Hall, dia 10 de março.


Fonte Mais Forró

Michel Teló canta versão de “Ai Se Eu Te Pego” para campanha do governo contra Aids

|


O Ministério da Saúde publicou da última terça-feira (7) em seu canal no YouTube um vídeo em que o cantor Michel Teló é a estrela da campanha do governo federal para a prevenção da Aids durante o Carnaval. No clipe, o cantor faz uma paródia de seu hit nacional e internacional Ai Se Eu Te Pego. - No carnaval ou na balada. Se a pegação começou a rolar, Você com a pessoa mais linda, E camisinha pra não vacilar. O conceito da campanha, segundo o Ministério da Saúde, é “Na empolgação pode rolar de tudo. Só não rola sem camisinha. Tenha sempre a sua” e tem como principal foco os jovens gays, de 15 a 24 anos.
Ela será veiculada em dois momentos: antes do Carnaval, com alertas para o uso responsável do preservativo e, no período pós-festa, a partir do final de fevereiro, com a promoção do diagnóstico e a conscientização da necessidade da realização do teste. Confira o vídeo:







Fonte: Mais Forró

CLIPE OFICIAL DA NOVA MÚSICA DO FORRÓ DANADO

|


Neste final de semana foi lançada o clipe oficial da nova música do forrozeiro, Giannini Alencar,compositor, músico e cantor, dono de diversos hits de sucesso como "Estilo Namorador" e "Rodar", gravada por diversas bandas de sucesso inclusive, Garota Safada. Giannini Alencar e Forró Danado acabam de lançar a nova música de trabalho, denominada "Escondidinho" que é tema do respectivo clipe.
Fonte: ODB.NEWS

Coldplay toca em pista de dança no clipe de 'Charlie Brown'; veja vídeo

|

A banda Coldplay no clipe de 'Charlie Brown'
(Foto: Divulgação)

Faixa é do disco 'Mylo xyloto', lançado pelo grupo britânico no ano passado.
Cenas foram gravadas em Londres, com direção de Mat Whitecross.

Foi divulgado nesta sexta-feira (3) o clipe da música "Charlie Brown", do Coldplay. Veja o vídeo no canal do Coldplay no YouTube.

A faixa faz parte do disco "Mylo xyloto", lançado pelo grupo britânico no ano passado. O clipe foi gravado em Londres e dirigido por Mat Whitecross, com quem a banda já havia trabalhado em "Paradise", "Lovers in Japan" e "Christmas lights".

O Coldplay esteve no Brasil no ano passado quando se apresentou no Rock in Rio.

FONTE: G1 .COM
http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2012/02/coldplay-toca-em-pista-de-danca-no-clipe-de-charlie-brown-veja-video.html

Ex-obeso, locutor de rádio ganha fama com o viral 'Que isso gordinha'

|



Paródia de um funk de MC Saed, hit tem mais de 1 milhão de visualizações.
Atenta aos virais, Claudia Leitte cantou trechos da música em show no Rio.

“Que isso gordinha” nasceu no estacionamento de um shopping carioca apinhado de gente. No dia 4 de janeiro, a expressão foi usada pelo ator e locutor Felipe Sanches como piada – e represália – a uma mulher que estacionava tranquilamente seu carro ocupando o espaço destinado a dois veículos. Quem ouviu deu risada e repetiu.

A brincadeira virou bordão entre os amigos de Felipe. No dia seguinte, ele transformou a expressão na letra de música que se tornaria a paródia cômica do dicionário da erotizada “Que isso novinha”, canção do funkeiro MC Saed.

“Fiz de bobeira, em casa. No dia anterior, lancei a expressão para uma gordinha no shopping. A mulher parou o carro em duas vagas. Quando ela desceu do veículo, vi que era mais cheinha. Ai eu falei pra ela “que é isso gordinha”. Ela riu e estacionou o carro da forma correta.”

Como a melodia já existia, Felipe registrou a sua composição na Biblioteca Nacional, selecionou algumas fotos, usou o codinome de MC do Nada e publicou o vídeo caseiro no site You Tube. Poucas horas depois, viu o potencial de sucesso de sua criação: mais de 30 mil acessos e republicações. Então ele resolveu caprichar e produziu um vídeo especialmente para a música, com direito a uma amiga gordinha como protagonista.

Competição
A repercussão espontânea incomodou o dono da versão original. O empresário de MC Saed procurou Felipe e pediu que ele retirasse o vídeo do ar. “É obviamente uma paródia do “Que é isso novinha”, que falava muito palavrão. Quis fazer uma coisa mais engraçada, puxada pro humor mesmo. Não tem plágio nenhum, nem ofensa. Eu não tirei, mas eles conseguiram que saísse do ar.”

No dia seguinte, a produção original tinha sido excluída da página do site de vídeos. A medida, porém, não impediu a multiplicação do bordão nem censurou Felipe. Inúmeros outros clipes foram republicados por outros usuários e o rapaz resolveu dar corpo (e rosto) ao personagem criado. Com a ajuda do amigo e produtor Leandro Mathiello, escreveu um roteiro, filmou, editou e publicou o novo material no dia 9 de janeiro.

Hoje, mais de 1010 vídeos exibem a música e a protagonista comendo sem parar. No microblog Twitter, segundo ele, a cada 20 minutos alguém publica "Que isso gordinha."

A gordinha
Fhanny Silva é a gordinha do clipe que não cansa de comer. Aos 19 anos, a estudante é amiga do locutor e sonhava em ser dançarina de funk. “Ela queria emagrecer, virar gostosona pra ser dançarina de funk.”

Felipe revela que a menina não se melindrou em participar do filme. “Ela é uma gordinha gostosa.” Para ele, a versão não ofende a categoria dos vigilantes do peso, apenas retrata uma realidade já vivida, inclusive, por ele.

"Ex-gordo", Felipe fez pequenos papéis em novelas pesando 136 quilos. Após uma cirurgia de redução de estômago, passou para 60 quilos. Também por isso, diz ele, a ideia está mais para sátira do que para zombaria. “Quanto eu era gordo eu só queria comer. Comia demais, a brincadeira é essa. Não tenho absolutamente nada contra quem está acima do peso. Sou ator, nunca compus nada e não esperava essa repercussão toda.”

A sátira tem potencial para virar hit do Carnaval. Claudia Leitte, durante um show em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, já cantou o melô da gordinha faminta. Aproveitando a época, Felipe fez uma versão samba da música, e diz que presta uma homenagem à musa Vânia Flor, da escola de samba carioca Salgueiro. “Ela é mais gordinha, está ganhando visibilidade um pouco por isso também. Resolvi fazer em homenagem a ela. Espero que goste."

FONTE: G1.COM
http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2012/01/ex-obeso-locutor-de-radio-ganha-fama-com-o-viral-que-isso-gordinha.html

 

©2009 Wagner Mix | Template Blue by TNB