Morte de Michael Jackson completa um ano; dia terá tributos pelo mundo

|

Katherine, mãe do cantor, participa de evento na cidade natal de Michael.
Cemitério em Los Angeles recebe fãs, mas proíbe canto e danças em visita.




A morte do cantor Michael Jackson completa um ano nesta sexta-feira (25) e os fãs do rei do pop espalhados pelo mundo planejam uma série de eventos em sua homenagem.

A família do astro deve se reunir em sua cidade natal, Gary, em Indiana, para uma vigília à luz de velas. Durante o evento, que conta com a participação de Katherine Jackson, mãe de Michael, será inaugurado um monumento em homenagem ao cantor em frente à casa onde morou.

No cemitério Forest Lawn, onde Michael está enterrado em Los Angeles, fãs devem se reunir para lembrar Jackson, mas terão acesso limitado. Não poderão visitar o mausoléu onde está o corpo, e também foram proibidas homenagens que incluam coreografias e canto. Segundo a polícia local, ninguém poderá acampar ou estacionar nas proximidades do cemitério 24 horas antes da abertura dos portões, que deve ocorrer às 13h (horário de Brasília).

Ainda entre as homenagens oficiais, no sábado (26), ocorre o evento “Forever Michael” no hotel Beverly Hilton, em Los Angeles. A noite conta com a participação do pai do cantor, Joe Jackson, e apresentações de artistas como o grupo de soul Chi-Lites. Os ingressos custam a partir de US$ 150 e parte da renda irá para a Jackson Family Foundation e para outras instituições de caridade.

Independentes
Em Nova York, as comemorações devem se concentrar no Apollo Theater, templo da black music, mas também estão previstos flash mobs de fãs fantasiados como zumbis dançando “Thirller”. O reverendo Al Sharpton vai comandar um momento de silêncio durante a hora de morte do cantor, que foi oficialmente declarada às 18h26 de Brasília de 25 de junho de 2009.

Homenagens dançantes devem ocorrem em outros lugares do mundo, inclusive pelos prisioneiros das Filipinas que ficaram famosos em 2007 com seu vídeo de "Thriller" no YouTube. Em Hong Kong, sósias do cantor se apresentaram em um shopping center na quinta-feira (24).

De volta a Los Angeles, uma nova estátua de cera de Jackson foi inaugurada na filial local do museu Madame Tussauds. Desde esta quinta, admiradores do rei do pop também aproveitam a passagem por Los Angeles para visitar a sua estrela na Calçada da Fama, em Hollywood.

Um dia em Neverland - ou quase isso
Na única exposição oficial do mundo sobre Michael Jackson, 50 fãs escolhidos aleatoriamente (um para cada ano do cantor) pagarão US$ 1.000 pela oportunidade de passar a noite dentro da Coleção Neverland, na Tokyo Tower, no Japão. Algumas das roupas, dos móveis e dos troféus que o cantor tinha em seu famoso rancho Neverland Valley, na Califórnia, estão expostos ali desde maio.

Por fim, quem quiser lembrar de Michael pela televisão vai encontrar boas opções pelo fim de semana. Na sexta-feira o canal fechado GNT exibe o documentário “Michael Jackson – Cedo demais para morrer” às 21h, e o Multishow dedica sua faixa de clipes ao cantor, além de inúmeros documentários e reportagens sobre o rei do pop durante o dia, com uma programação que vai das 12h30 às 23h.

No domingo (27) é a vez dos espectadores brasileiros assistirem “This is it”, filme que documenta os ensaios para aquela que seria a última turnê de Michael. O filme vai ao ar às 23h.


Fonte: g1.com
http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2010/06/morte-de-michael-jackson-completa-um-ano-dia-tera-tributos-pelo-mundo.html

'Rei do pop' já desbancou 'rei do rock' em mercado de sósias, diz agência

|

Procura por imitadores de Michael Jackson cresceu 300% um ano após morte.
Demanda é tamanha que empresa já criou até cover do cover do astro.


O dia da morte de Michael Jackson, 25 de junho de 2009, foi um dos mais tristes na vida de milhões de fãs em todo o mundo. Tão fascinados com o ídolo a ponto de tentar imitá-lo, os sósias do rei do pop também lamentaram a perda, mas ao menos profissionalmente não têm do que reclamar: de um ano para cá, nunca tiveram tanto trabalho.

Segundo a agência O Gordo e o Magro, especialista nesse mercado, o falecimento do cantor representou um aumento de 300% na demanda por shows com seus imitadores.


A empresa hoje agencia três covers do astro, sendo que dois deles são cover do cover, ou seja, substituem o “oficial” quando esse não dá conta do trabalho, que vai de festas infantis a casamentos e eventos corporativos.

“Tem show solo, pocket ou com produção completa. O cachê vai de R$ 800 a R$ 5 mil”, explica a atriz Nilce Aparecida Costomski, gerente da O Gordo e o Magro. Ela diz que a procura nos últimos meses foi tamanha que MJ tirou de Elvis Presley o posto de artista mais imitado. “As crianças adoram o Michael. Elvis é aquela coisa de quarentão”, teoriza.

Rodrigo Jam, de 24 anos, diz que nas piores fases da carreira do cantor, aquelas em que ele era massacrado pela mídia em processos judiciais, chegou a se apresentar duas vezes por mês como cover do astro. Só no último ano, revela, chegou a fazer dez shows no mesmo período, em diversos estados do País.

Mais do que financeiramente, a morte de Michael Jackson também ajudou a impulsionar "moralmente" a carreira dos sósias. “O Michael passou a ser visto de uma maneira mais artística. Sempre tive casos de clientes que ficavam receosos em me contratar, de que eu fosse virar motivo de piada”, diz Rodrigo Teaser, de 30 anos, sendo 21 deles como cover de Jackson.

“Hoje o foco passou a ser a obra, e não a vida pessoal de Michael. As pessoas sentiram sua falta. Todo mundo percebeu que se trata de um artista genial, e deixaram de lado as esquisitices os escândalos que marcaram sua vida pessoal. Todo mundo quer mesmo é ouvir hits como ‘Thriller’ e ‘Billy Jean’”, concorda o performer gaúcho Nikky Goulart, de 36 anos.
Rodrigo Teaser diz que hoje faz shows que vão de festas infantis a casamentos (Foto: Divulgação)


Apadrinhado pela 'tia Rita'
Reconhecido como um dos sósias mais parecidos com o rei do pop no mundo, Goulart conquistou até a roqueira Rita Lee quando foi à caráter assistir a um show dela em Florianópolis e acabou saindo de lá com um novo emprego.

“Eu me apresentava como sósia do Michael num parque temático em Balneário Camboriú, no litoral de Santa Catarina, em setembro. Fiquei sabendo de última hora que Rita se apresentaria em Florianópolis. Então, corri para lá, ainda caracterizado. Ela me percebeu na plateia e me chamou ao palco para uma canja no meio do espetáculo. Cantei a música ‘Bad’, meio de improviso, e fui convidado para fazer parte da turnê”, explicou Goulart, que adota o visual mais recente de Jackson nas apresentações: pele branca e cabelos lisos.


De acordo com os sósias ouvidos pelo G1, o look mais copiado do cantor é o do começo da década de 1990, da turnê do álbum “Dangerous”, que passou pelo Brasil: cabelo comprido e encaracolado, rosto com muito pó e óculos modelo aviador. As roupam variam: podem ser aquelas cheias de tachas com referências ao exército, como as do show dessa época, ou que façam referências aos videoclipes de “Thriller”, “Bad”, “Smooth criminal” e “Black or white”.

No mundo dos sósias, cada detalhe é um diferencial. Por isso, Teaser alerta que justamente o cuidado com o visual é uma das principais dicas para se diferenciar sósias reais de Michael Jackson daqueles “genéricos” - com o mercado em alta, teve muita gente aprendendo a fazer o Moonwalk para ganhar uns trocados.

“Teve até sósia aposentado que voltou ao batente”, brinca o imitador profissional, que em sua “apresentação top” utiliza efeitos pirotécnicos e 10 bailarinas em um show de 1h30, que realiza metade dublando e outra cantando.

Para Jam, o segredo é não inventar: físico, dança e trejeitos, tudo tem de ser igual. “Mas nenhum cover jamais chegará perto de ser Michael Jackson”, admite.

Fonte: g1.com
http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2010/06/rei-do-pop-ja-desbancou-rei-do-rock-em-mercado-de-sosias-diz-agencia.html

Novo CD está pronto, diz Lady Gaga

|

Sucessor de 'The fame' ainda não tem título oficial nem data de lançamento.
'Alguns artistas demoram... Eu não. Faço música todo dia', disse a cantora.


Gaga na capa da 'Rolling Stone' em clique do
polêmico Terry Richardson. (Foto: Divulgação)



A cantora Lady Gaga afirmou em entrevista à revista "Rolling Stone" que seu próximo álbum já está completo e pronto para ser lançado.

Capa da publicação, a intérprete de "Poker face" disse, segundo informações da BBC, que "tem trabalhado [no CD] há meses" e que "sente que ele está terminado".

"Foi feito de forma tão rápida. Alguns artistas demoram anos... Eu não. Faço música todos os dias", afirmou.

O disco, ainda sem título, não tem data de lançamento. Segundo o "New Musical Express", a cantora avisou que pode "tatuar o nome do disco, fotografá-lo e usar como a capa do CD".

O novo álbum vai suceder o CD "The fame", lançado em 2009 e que ficou por 48 semanas na lista de discos mais vendidos do Reino Unido.

Fonte: g1.com
http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2010/06/novo-cd-esta-pronto-diz-lady-gaga.html

Restart distribui música inédita para fãs

|

Grupo fará homenagem a Michael Jackson
Ação musical será feita durante o show deste domingo (20), em São Paulo

A Happy Rock Sunday é uma domingueira promovida pela banda Restart, em parceria com o HSBC Brasil, em São Paulo.

Para este domingo (20), o grupo preparou uma homenagem especial para Michael Jackson (ele morreu em 25 de junho de 2009).

Além disso, uma música nova, Para Você Lembrar, será distribuída gratuitamente para os fãs através da Fun Station.

Ou seja, o público pode levar seus celulares, tocadores de MP3 ou pen drives para baixar a canção inédita.

Serviço

Restart – Happy Rock Sunday

Quando: 20 de junho (domingo)
Horário: Discotecagem às 18h30 e show às 19h30
Onde: HSBC Brasil - rua Bragança Paulista, 1281 – Chácara Santo Antonio
Preços: de R$ 60 a R$ 120
Censura: 14 anos (desacompanhados)


Fonte: r7.com
http://entretenimento.r7.com/musica/noticias/restart-distribui-musica-inedita-para-fas-20100615.html

GNT prepara semana especial sobre Michael Jackson

|

Canal fechado exibirá filmes e documentários a partir do dia 20.
Morte do Rei do Pop completa um ano em 25 de junho.


A partir deste domingo (20), o GNT prepara um especial em sua programação, a Semana Michael Jackson. O canal irá exibir filmes e documentários sobre o cantor, cuja morte completa um ano no próximo dia 20 de junho.

No domingo, às 19h, vai ao ar o filme “O mágico inesquecível”, versão de “O mágico de OZ” com Diana Ross e Michael no papel do Espantalho. Nos dias 20 e 21, os programas “Manhattan connection” e “Happy hour”, respectivamente, também são dedicados ao Rei do Pop.

Durante a próxima semana, o GNT exibirá as seguintes produções: “Michael Jackson: cedo demais para morrer”, “O que matou o Rei do Pop?”, “Os Jacksons: um sonho americano” e “A vida de Michael Jackson”.

Também estão agendas as reapresentações dos programas “Meu amigo Michael Jackson, por Uri Geller”, “Michael Jackson – A trajetória de um ídolo” e “O que aconteceu com Michael Jackson?”.

A programação completa está no site www.gnt.com.br.


Fonte: g1.com
http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2010/06/gnt-prepara-semana-especial-sobre-michael-jackson.html

Música para seleção inglesa cantada por rapper lidera paradas britânicas

|

'Shout for England' é cantada por Dizzee Rascal e o ator James Corden.
Canção é versão para o sucesso 'Shout' da banda Tears for fears, de 1985.


Em época de Copa do Mundo, a música “Shout for England”, versão do rapper Dizzee Rascal com o ator James Corden, está no topo das paradas de sucesso da Grã-Bretanha para singles, segundo o site do semanário “NME”. Ainda de acordo com o site, dos 40 primeiros colocados, oito canções fazem referência a futebol.

A música, uma versão para o sucesso “Shout” da banda Tears for fears, de 1985, foi apresentada pela primeira vez no dia 6 de junho no programa “Britain’s got talent”. O programa ficou conhecido por revelar a cantora Susan Boyle para o mundo. No Youtube, um dos vídeos principais com essa apresentação tem quase meio milhão de visualizações.

O single começou a ser vendido no dia 9 e todo o dinheiro arrecadado será doado ao hospital infantil Great Ormond Street, em Londres.

A versão do artista somaliano K’Naan para o hino oficial da copa, “Wavin’ flag”, está em terceiro lugar na parada. Ele tocou a música na cerimônia de abertura da Copa em Joanesburgo.

Fonte: g1.com
http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2010/06/musica-para-selecao-inglesa-cantada-por-rapper-lidera-paradas-britanicas.html

Depois de 20 anos de VJs, MTV americana agora procura 'TJs'

|

Canal vai contratar apresentador que saiba trabalhar com redes sociais.
Papel do 'Twitter Jockey' será criar ponte entre emissora e audiência.

A MTV americana, que há duas décadas inventou o conceito de VJ (Video Jockey), anunciou nesta segunda-feira (14) que irá contratar o seu primeiro "TJ", o "Twitter Jockey".

O canal está atrás de um novo apresentador, com grande conhecimento sobre mídias sociais, para fazer a ponte entre o público a e a emissora. Segundo Stephen Friedman, diretor geral da MTV, o TJ será uma evolução natural da maneira como a MTV se conecta com a audiência.

“O Twitter e o Facebook nos permite tomar decisões mais espertas”, declarou.

O canal já teria 18 candidatos para a vaga e está atrás de mais duas pessoas. Eles serão submetidas a uma série de desafios online, cujo objetivo é descobrir suas personalidades e como se relacionam com seus seguidores do Twitter.

Os cinco melhores irão competir em um programa ao vivo, em 8 de agosto. O público irá escolher o vencedor.

Fonte: g1.com
http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2010/06/depois-de-20-anos-de-vjs-mtv-americana-agora-procura-tjs.html

CPM 22 lança música para a Copa do Mundo

|

'10 mil vozes' é o primeiro single do disco novo do grupo paulistano.
'Eu sei o que o time precisa/ Um pouco de alegria', diz refrão.


O grupo de rock paulistano CPM 22 lançou nesta sexta-feira (11) a faixa “10 mil vozes”, música da banda para a Copa do Mundo. Escrita pelo guitarrista Luciano Garcia, a faixa fala sobre a importância da torcida nas partidas de futebol.

“Agora eu sei o que o time precisa/ Eu sei/ Um pouco de alegria/ Velocidade acima de 100/ Vitalidade em alta voltagem/ Com raça e honestidade/ Um passo além/ Habilidade/ Queremos também”, diz o refrão da faixa.
“10 mil vozes” é o primeiro single do disco novo do grupo, ainda sem nome, que deve ser lançado no segundo semestre. A música pode ser ouvida no MySpace oficial do CPM 22.

Fonte: g1.com
http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2010/06/cpm-22-lanca-musica-para-copa-do-mundo.html

DJ Robinho anima o grupo e escolhe os hits da seleção na África do Sul

|

Atacante faz sucesso com caixa de som ligada ao Ipod e mostra repertório bem variado na preparação para a Copa do Mundo

Robinho tem atacado de "DJ" nesta preparação da seleção brasileira para a Copa do Mundo. Além de animar o clima da concentração com a tradicional batucada de pagode e samba ao lado de Julio Baptista, o atacante apareceu com uma potente caixa de som e passou a mostrar todo o repertório de seu Ipod para todos os companheiros. Há músicas para todos os tipos e gostos: funk, dance, hip-hop, pagode e samba.

A novidade surgiu em Curitiba, onde a seleção brasileira se apresentou para iniciar os treinamentos. E ganhou força durante as viagens quando Robinho ligava o som alto no avião para distrair os companheiros.

Entre as mais tocadas pelo DJ Robinho estão a pop "Kiss me through the phone", de Soulja Boy. O ritmo hip-hop de Lil Wayne e Bobby Valentino com a música "Mrs Officer". Os funks também fazem muito sucesso no repertório do atacante. Lá estão "Tô tranquilão", do MC Sapão, "Tamborzão rolando solto", do MC Koringa, "Balada Boa", do MC Andinho e "Tudo é festa", do MC Marcinho.

Entre os tops de Robinho está o som rap de MV Bill com a música estilo "Estilo Vagabundo". O atacante já chegou até a tocar "Fogo e Paixão", de Wando, em uma brincadeira com os companheiros.

A moda pegou entre os companheiros, que logo se interessaram pela novidade. Na última terça-feira, o zagueiro Thiago Silva e o atacante Grafite aproveiraram a folga dada pelo técnico Dunga para ir até um grande shopping de Joanesburgo e comprar o mesmo equipamento. A dupla saiu da loja com três caixas de som debaixo do braço.

AS MAIS TOCADAS PELO DJ ROBINHO NA COPA
MC Sapão - "Tô tranquilão"
Eu tô tranquilão,
Tô numa boa, tô curtindo o batidão
Se liga nessa, vem sentir essa emoção
E mulherada vai descendo até o chão...

MC Andinho - "Balada Boa"
Ela vai se acabaaaaaaar
Vai dançaaaaar
Vai zuaaaaaar
Ela quer dançaaaaaar
Vaiiiiiii... Ela desce e kika no chão (6x)

MV Bill - "Estilo Vagabundo"
Se for guerra, você perdeu
ta afim de acreditar nos outros, problema seu
suas amigas que ficam me queimando na sua mente
ficam cheia de foguinho quando você ta ausente

Lil Wayne feat. Bobby Valentino - "Mrs Officer"
When I get up all in ya (Yeah)
We can hear the angels calling us (Chea)
We can see the sunrise before us (Yeah)
And when I'm in that thang, I'll make that body sang
(She know what I mean) I make it say...
Wee Ooh Wee Ooh Wee (Wee) (6x),

Soulja Boy - "Kiss me through the phone"
So baby kiss me through the phone
I'll see you later on (later on),
Kiss me through the phone,
See you when I get home (I get home).




Grafite e Thiago Silva deixam loja em Joanesburgo com três caixas de som (Foto: Thiago Lavinas/Globoesporte)


Fonte: globoesporte.com
http://globoesporte.globo.com/futebol/selecao-brasileira/noticia/2010/06/dj-robinho-anima-o-grupo-e-escolhe-os-hits-da-selecao-na-africa-do-sul.html

ESTRELAS DÃO AS CARAS NA ÁFRICA DO SUL

|

Shakira e Black Eyed PeasCantora visita escola em Soweto, e banda vai ao estádio Soccer City. Eles estarão na cerimônia de abertura da Copa, nesta quinta-feira



FOTOS: Shakira e Black Eyed Peas dão as caras na África do Sul
Shakira visita escola primária em Soweto, como parte de uma campanha social, e faz coreografia com as crianças. A colombiana é uma das atrações da cerimônia de abertura, que será realizada nesta quinta-feira, e vai cantar "Waka Waka", hino oficial da Copa do Mundo (Foto: Reuters)


A banda norte-americana Black Eyed Peas, que também estará na festa de abertura, visita o Soccer City, o estádio do primeiro jogo da Copa do Mundo (Foto: AP)


FONTE: GLOBOESPORTE.COM
http://globoesporte.globo.com/futebol/copa-do-mundo/noticia/2010/06/foto-black-eyed-peas-visita-o-palco-da-abertura-da-copa-do-mundo-2010.html

Iron Maiden prepara lançamento de novo álbum para agosto

|

'The final frontier' é o 15º CD de estúdio da banda de heavy metal.
Uma das músicas pode ser baixada gratuitamente no site do grupo.



Capa de 'The final frontier', do Iron Maiden
(Foto: Divulgação)


O Iron Maiden marcou para 16 de agosto a data de lançamento de seu novo disco, "The final frontier", o mesmo nome da turnê que apresentará o álbum por Estados Unidos, Canadá e Europa.

No site da banda não estão anunciadas datas de shows no Brasil ou em outros países da América Latina, mas os fãs já podem ter na página um aperitivo de "The final frontier" com o download gratuito da música "El dorado" e as ilustrações do disco, obra de Melvyn Grant.

"Vamos incluir a música nos shows da nossa turnê", disse o vocalista do Iron Maiden, Bruce Dickinson, em comunicado de imprensa disponível no site do mítico grupo britânico de heavy metal.

Ao longo de junho e julho, o Iron Maiden faz shows na América do Norte e divide o palco com o grupo americano de metal progressivo Dream Theater. A turnê já começa nesta quarta-feira (9) com um show na cidade americana de Dallas.

A partir do final de julho e ao longo de agosto, o Iron Maiden comanda sozinho a turnê pela Europa.

O grupo britânico trabalhou em "The final frontier" com o produtor Kevin Shirley desde o começo do ano no Compass Point Studios, em Nassau (Bahamas), para gravar o disco. Depois, a banda seguiu para Los Angeles, onde mixou as faixas gravadas e deu os últimos retoques na gravação.

Esta não é a primeira vez em que o Iron Maiden grava no Compass Point Studios. Foi lá que a banda registrou álbuns clássicos como "Piece of mind" (1983), "Powerslave" (1984) e "Somewhere in time" (1986).

"O estúdio tinha o mesmo clima e estava exatamente igual a 1983. Nada mudou. Na verdade, chegou a ser um pouco assustador", disse um bem-humorado Bruce Dickinson. "Mesmo assim, nos sentimos muito à vontade em um ambiente tão familiar e acho que isso se reflete no clima do álbum", conclui o vocalista.

"The final frontier" é o 15º álbum de estúdio do Iron Maiden, cujo primeiro disco, que levou o nome da banda, foi lançado em 1980. De lá para cá, o grupo já vendeu mais de 80 milhões de cópias de seus álbuns ao redor do mundo.

Fonte: g1.com
http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2010/06/iron-maiden-lanca-novo-album-em-agosto.html

Lady Gaga lança clipe de 'Alejandro'

|

Cantora publicou novo vídeo no seu canal oficial no YouTube nesta terça.
Clipe é dirigido pelo fotógrafo de moda Steven Klein.

A cantora Lady Gaga publicou nesta terça-feira (8) em seu canal oficial no youTube seu novo clipe, "Alejandro", faixa do disco "The fame monster". O vídeo, dirigido pelo fotógrafo de moda Steven Klein, traz Gaga liderando um grupo de homens aparentando ser um grupo militar.


A faixa é a terceira música de "The fame monster" a virar videoclipe, depois de "Bad romance" e "Telephone".

Som na caixa

|

Grafite e Thiago Silva aproveitam folga para comprar equipamento em shopping


Grafite e Thiago Silva param shopping e imitam 'DJ Robinho'
Jogadores da seleção aproveitam folga para também comprar caixa de som
que atacante vem usando para animar o clima da seleção brasileira



DJ Robinho fez escola. Nesta terça-feira, Grafite e Thiago Silva aproveitaram a folga e foram à Mandela Square, um dos mais movimentados pontos turísticos de Joanesburgo, na África do Sul, para comprar caixas de som iguais às que o atacante vem usando para animar o clima da seleção brasileira nesta preparação para a Copa do Mundo. Após a dica do santista, os dois jogadores foram até uma loja atrás do equipamento para ligar seus Ipods. Elano e Robinho também passearam pelo local.

Eles chegaram por volta das 12h de Brasília (17h local) e, no início, não foram reconhecidos. Conversavam tranquilamente com os vendedores e experimentavam fones de ouvido. Mas bastou um torcedor brasileiro aparecer e pedir para tirar uma foto que a dupla logo virou atração. A loja foi obrigada a fechar as portas para tentar conter o tumulto. Cerca de cem pessoas se aglomeraram em frente ao estabelecimento.

Thiago Silva e Grafite viraram atração. Tiraram dezenas de fotos e autografaram até um passaporte de um fã. Após cerca de 30 minutos, conseguiram concluir a compra. Levaram alguns periféricos e três caixas de som.

- É igual à do Robinho - confirmou o zagueiro.

No caminho até o carro muita confusão. Os dois jogadores foram cercados por fãs. Eles quase não conseguiam andar. Mas atendiam a todos os pedidos de fotos. Como Grafite era mais assediado, Thiago Silva se divertia. E também pedia para tirar fotos com o companheiro. O zagueiro aproveitou para gravar alguns momentos em que o atacante estava cercado por sul-africanos.

FONTE: GLOBOESPOTE.COM
http://globoesporte.globo.com/futebol/selecao-brasileira/noticia/2010/06/grafite-e-thiago-silva-param-shopping-e-imitam-dj-robinho.html

Polêmico 'Rap das Armas' é a música da moda no país da Copa

|

Funk de Cidinho e Doca toca nos mais diversos lugares na África do Sul. Peruano, português e brasileiros se dizem responsáveis por divulgação

Não tem como fugir. Está em jogo de rúgbi, está em exibições da taça da Copa do Mundo, está em boates, está no treino da Coreia do Norte, está em toques de celular. É o som brasileiro mais famoso na África do Sul. Nada de Chico Buarque, Caetano Veloso, Roberto Carlos, Ivete Sangalo ou Zeca Pagodinho. É funk. É o "Rap das Armas". A música da dupla Cidinho e Doca, que fez sucesso no Rio de Janeiro nos anos 90 e que integra a trilha do filme Tropa de Elite, divide com a seleção de Dunga a responsabilidade de representar o Brasil na terra do Mundial. E é difícil saber como a moda do “parapapapapa” (refrão da música, que reproduz uma rajada de balas) começou no país. Há várias versões, vários “donos”. De qualquer forma, é motivo de orgulho para os funkeiros da Cidade de Deus.

- É muita felicidade para mim e para o Cidinho. O funk vem da classe pobre, carente, que apanhou muito durante os anos e hoje está conquistando o mundo. É um orgulho muito grande. Nunca imaginamos que a música chegaria tão longe. Para mim, vale mais o que minha música conquistou do que o dinheiro. Não enriqueci, mas o mundo que tenho com o funk vai ficar para o resto da minha vida – disse Doca, que até hoje mora na comunidade carioca, assim como o parceiro.

Como o "Rap das Armas" foi estourar na África do Sul? Um ponto em que todos envolvidos concordam é que a música partiu foi projetada a partir do filme "Tropa de Elite" para as pistas de dança da Europa, passando também a ser cantada nas arquibancadas de França e Suécia. O português Antônio Rocha ouviu o funk no filme e contratou Cidinho e Doca para shows no Velho Continente. Ele garante também que é o responsável por divulgar a música na África.

- Quem enviou a música para o mundo todo foi minha produtora. Fizemos essa divulgação. Vi o filme e adorei o "Rap das Armas". Depois fui ao Brasil e foi difícil encontrar a dupla, mas consegui. Conheci a realidade deles na Cidade de Deus, ficamos amigos e os levei para shows na Europa. Só em Portugal, em dois anos, foram mais de 100 apresentações – contou Antônio.



- Acho que eu que fiz a música famosa por aqui. Virou um hino da Latinova, e depois outros DJs passaram a tocar em outras casas – afirmou Augusto, que costuma viajar ao Brasil nas férias e gosta de usar som brasileiro em sua boate, como samba e música baiana em remix.

Mas, para o engenheiro brasileiro Steve Grunberg, que mora na África do Sul há 16 anos, não é tão fácil assim achar o “descobridor” do "Rap das Armas". Segundo ele, a música virou sucesso com uma boa ajuda da colônia brasileira em Joanesburgo.

- O funk já rolava nas festas brasileiras, promovidas pela Associação Brasileira Cultural de Joanesburgo. Mas só começou a “bombar” para o sul-africanos no ano passado. Após a exibição do filme, a música fez sucesso em rádios e nas botes em que a comunidade brasileira costuma frequentar, como Taboo, Latinova , Movida e Manhattan – explicou.

Sucesso na Copa do Mundo, mas problemas com a polícia no Rio

Para Doca, pouco importa de onde surgiu a ideia de tocar o "Rap das Armas" na África do Sul. O que interessa é que o funk virou sucesso e é uma das músicas mais tocadas nas festas do país antes da Copa do Mundo. Na sexta-feira, durante a passagem da taça da Fifa por Soweto, o público foi ao delírio ao som do “parapapapa”. Em breve, os sul-africanos poderão até conferir ao vivo os funkeiros.



- A dupla deve fazer shows na África durante a Copa. Estamos vendo a possibilidade. E a Coreia do Norte escolheu a música como a sua oficial no Mundial. Tentamos que fosse do Brasil, mas não tivemos resposta – disse o empresário português.

A história do "Rap das Armas" nem sempre foi de alegria para Cidinho e Doca, que também fizeram sucesso com o "Rap da Felicidade" (do verso “Eu só quero é ser feliz / E andar tranquilamente na favela que eu nasci”). A dupla lançou a música em 1995 com polêmica: a letra completa tinha várias referências ao tráfico de drogas. Era um “proibidão”, nome dado pelos funkeiros aos raps que não tocavam em rádios por causa da apologia ao crime.

- Fomos prestar depoimento na polícia e tudo isso assustou a gente. Nós éramos muito novos. Não falávamos na maldade, falávamos o que a gente via na nossa realidade na favela. Falamos a verdade na polícia, que a música era nossa, nossa voz está la, mas que a gente relata o que vemos. Não podem proibir a gente de cantar o que a gente vê – lembrou Doca.

Como o refrão, que imita som de tiros, fez sucesso mesmo sendo “proibido”, o DJ Marlboro lançou com a dupla Júnior e Leonardo uma versão mais leve do "Rap das Armas", sem citar o crime organizado. Na primeira versão do filme "Tropa de Elite", que foi vendida no mercado pirata do Rio de Janeiro, a gravação escolhida era a de Cidinho e Doca, com trechos do funk original. E foi esse o “proibidão”, mas sem toda a letra cantada, que acabou estourando fora do Brasil.

- Sei que é uma música antiga e que o som do refrão é barulho de arma. Mas não entendemos a letra como um rap proibido. Muito menos os sul-africanos, que não falam português. Sei que é uma música de favela, de periferia, um símbolo do Rio de Janeiro – disse Augusto, da Latinova.

- Eles já até tiveram problema na polícia por causa da música. Mas fizemos uma versão só com o refrão, não utilizamos o restante. Virou sucesso na Europa, vendeu discos de platina na Holanda e na Suécia, de ouro em Portugal – completou Antônio.

Na Latinova, o DJ sul-africano Floyd só chama o funk de “Parapapapapa”. É assim que ele é conhecido no país. O ritmo gruda no ouvido e em poucos minutos quem está no ambiente cantarola o refrão. Feliz pelo sucesso, Doca só lamenta uma coisa: o retorno financeiro não o satisfaz.

- Não recebemos nem 10% do que merecíamos. O funk ainda é muito descriminado. As pessoas não caíram na real que o funk é cultura e sustenta muita família. A gente não ganha dinheiro com funk. A gente sobrevive com funk.

Fonte: G1.com
http://globoesporte.globo.com/futebol/copa-do-mundo/noticia/2010/06/funk-proibido-no-rio-parapapapa-e-musica-da-moda-no-pais-da-copa.html

CD de Luan Santana é o mais vendido do momento

|

Cantor sertanejo universitário é um dos artistas de maior sucesso do Brasil

Está mais do que provado que o cantor Luan Santana é o novo artista do momento.
Segundo pesquisa feita pela ABPD (Associação Brasileira dos Produtores de Discos) em parceria com a empresa Nielsen, o disco Luan Santana ao Vivo foi o segundo mais vendido no Brasil entre os dias 11 e 16 de de maio - ficando atrás apenas do astro canadense Justin Bieber, com seu CD My World 2.0.

Ou seja, Luan está no topo das vendas, entre os discos de artistas nacionais. Até o mês de abril, o CD Luan Santana ao Vivo já havia ultrapassado a marca de 100 mil cópias vendidas, o que lhe valeu da ABPD o disco de platina, premiação estipulada para quem supera esse número.

Entre os dias 1º e 22 de maio, o cantor se apresentou para mais de 400 mil pessoas. Veja dados impressionantes de público em relação aos shows do cantor nesse mês.

Dia 1: Lençóis Paulista (SP) - 45 mil pessoas
Dia 6: Jaguariúna (SP) - 35 mil pessoas
Dia 7: Maringá (PR) - 20 mil pessoas
Dia 9: Xanxerê (SC) - 45 mil pessoas
Dia 13: Franca (SP) - 40 mil pessoas
Dia 15: Pouso Alegre (MG) - 35 mil pessoas
Dia 19: Dourados (MS) - 35 mil pessoas
Dia 20: Goiânia (GO) - 75 mil pessoas
Dia 21: Volta Redonda (RJ) - 35 mil pessoas
Dia 22: Patos de Minas (MG) - 45 mil pessoas

(fonte: assessoria de Luan Santana)

Capital Inicial traz mais do mesmo em novo disco

|

CAPITAL INICIAL - "DAS KAPITAL"

O Capital Inicial é um fenômeno peculiar no rock brasileiro. Nenhum grupo nacional da sua geração tem o mesmo apelo aos públicos mais jovens, lotando shows com adolescentes que nem haviam nascido quando a banda começou. Esse posto de “bastião clássico do rock” deixa o Capital em uma posição relativamente confortável e “Das kapital”, novo álbum do grupo, não traz muitas novidades em relação aos discos mais recentes do quarteto. Conciso, o álbum com nome da principal obra do filósofo e economista alemão Karl Marx traz 11 faixas, nenhuma com mais de quatro minutos. Entre baladas distorcidas como “Eu quero ser como você” e “punks brasilienses” de letra boba como “A menina que não tem nada”, o ouvido mais atento pode pescar ecos de bandas novas como o Killers em faixas como o single “Depois da meia-noite” e “Melhor”.

Fonte: g1.com
http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2010/06/capital-inicial-traz-mais-do-mesmo-em-novo-disco-confira-lancamentos.html


 

©2009 Wagner Mix | Template Blue by TNB