DJ da festa de réveillon na pousada Sankay relata noite do deslizamento

|

Fotos mostram hóspedes e donos da pousada comemorando a virada.
DJ Duda estava na Sankay no momento do deslizamento.


Eduardo da Conceição Cândido, o DJ Duda, em foto da festa da réveillon na pousada. (Foto: Arquivo pessoal)

As cerca de 40 pessoas que participaram da festa de réveillon da pousada Sankay, em Ilha Grande, Angra dos Reis, se divertiram ao som de house, funk, samba e hip hop até por volta de 2h40 – cerca de uma hora antes de começar o desabamento que matou 31pessoas na ilha.

Uma semana depois do episódio, o DJ responsável pelo set list contou ao G1 como foi a noite da virada, que começou com festa e terminou em tragédia, e divulgou fotos inéditas da comemoração de ano novo.


Veja fotos da festa de réveillon na pousada


Eduardo da Conceição Cândido, de 27 anos, conhecido como DJ Duda, mora em Angra dos Reis e já participou de várias festas na pousada localizada na Praia do Bananal. Para a noite de réveillon, ele recebeu um pedido especial da filha dos donos da pousada, Yumi Faraci, de 18 anos, que morreu soterrada: a música "Thriller", um dos maiores sucessos de Michael Jackson, da qual a garota sabia a coreografia.

Ao longo da festa, Duda fez algumas fotos dos convidados. As imagens mostram pessoas dançando, vestidas de branco ou com camisetas da pousada. A maior parte delas usava colares de flores, distribuídos pela Sankay. Em uma das fotos, Yumi aparece fazendo a coreografia da música "Macarena".

Com colar de flores, Yumi (à direita, com o cabelo cobrindo parte do rosto) dança 'Macarena' com os amigos na festa da virada na pousada Sankay (Foto: Arquivo pessoal)

A garota, que estudava arquitetura e urbanismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), era apaixonada por música e registrou vídeos cantando e tocando em páginas na internet.

A jovem havia levado um grupo de amigos para passar o ano novo com ela na pousada dos pais – além de Yumi, morreram na tragédia os namorados Isabela Godinho da Rocha, de 20 anos, e Paulo Henrique Barbosa Sarmento, de 27 anos.

'Quando coloquei o pé no chão, já tinha lama'

Cerca de uma hora depois de terminada a festa, o DJ, a mulher dele, Silvania, de 25 anos, e a filha, Lorrane, de 3, estavam na sala da casa da família, quando começou o deslizamento. "Ouvimos um estouro, o barulho de uma pedra batendo na outra. Quando coloquei o pé no chão, já tinha lama. E um cheiro muito forte de mato. Minha mulher ficou desesperada", conta.

O DJ lembra que passou ainda em um dos quartos para avisar o que estava acontecendo, antes de correr para o deck da pousada e chamar socorro. "Pedi socorro para as pessoas que estavam em embarcações. Depois de um tempo, chegou uma lancha que ajudou o pessoal a sair de lá", relata.

Do lado de fora, Duda encontrou Sônia Iamanishi, dona da pousada e mãe de Yumi. "Perguntei para ela onde estava o Geraldo [Faraci, marido de Sônia] e ela me disse que estava procurando a Yumi. Mas não a encontrou", recorda.



Fonte: G1.com

0 comentários:

Postar um comentário

 

©2009 Wagner Mix | Template Blue by TNB