Madonna - Celebração

|



Ganhar as principais manchetes do mundo todo aos 50 anos de idade e possuir no currículo uma carreira musical invejável não é exclusividade de Michael Jackson. Nesta semana, às vésperas de completar um mês da morte do ídolo, quem roubou a cena foi a “rainha do pop”. Para Madonna, não faltam motivos para comemorar.

Desta vez, a celebração virá em forma de nova coletânea. Celebration chega às lojas americanas no dia 28 de setembro. Um dia depois, o mercado internacional receberá o álbum. No repertório, estarão sucessos como “Everybody”, “Express Yourself”, “Vogue” e “4 Minutes". Além disso, duas novas canções darão um ar inédito à compilação.

Uma delas é “Celebrate”, que foi gravada em Nova York e vazou recentemente na internet. O lançamento oficial da música será no dia 3 de agosto. Os fãs que adquirirem a novidade, terão duas opções de compra: um box com Cd e Dvd ou os dois itens separados. Na versão em vídeo, haverá clipes nunca antes lançados no formato.

Além das cinco décadas de vida, marcadas por polêmicas pessoais, tendências de moda e comportamento, escândalos, casamentos, rolos e adoções de crianças, Madonna construiu sua imagem profissional. Por trás de muito trabalho, está uma parceria de 27 anos que, em clima de festa, termina com a chegada de Celebration.

Este será o último álbum da cantora lançado pela gravadora Warner. Ela acaba de assinar um contrato de 10 anos com a Live Nation, uma empresa especializada na organização de grandes eventos. O custo da negociação está em torno de 120 milhões dólares, mas a marca cuidará de todas as turnês futuras e venda de produtos da artista.

Madonna apoiou sua decisão nas constantes mudanças que a indústria fonográfica está sofrendo: “como artista e empresária, preciso acompanhar essa nova fase”, declarou. Ela, que já vendeu mais de 200 milhões de cópias de seus discos, afirma que, com a nova parceira, suas músicas chegarão aos fãs de forma mais fácil e rápida.

Coletâneas já fazem parte da história da artista. Em 1987, lançou You Can Dance. Três anos mais tarde, The Immaculate Collection, seguido de Something To Remember, de 1995, e GHV2, de 2001. Agora, resta apenas saber se a imensa celebração da “rainha” será suficiente para desbancar os recordes que o “rei do pop” alcançou com a sua repentina partida.

0 comentários:

Postar um comentário

 

©2009 Wagner Mix | Template Blue by TNB